quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Foco na oração

Precisei realizar uma pesquisa na “internet”, mas a “internet” é sempre tão convidativa, no que diz respeito aos inúmeros passatempos que ela oferece, que quando percebi, eu havia aberto nada mais nada menos que 9 páginas diferentes. Entre “e-mails”, “sites”, “blogs”, estava vendo 9 “links” diferentes. Tenho certeza de que muita gente, abre ainda mais páginas do que eu...

Mas, chegou um momento que o computador “travou” e quando olhei para todas as janelas abertas, descobri o porquê! Obviamente essa máquina não poderia suportar tantos “downloads” ao mesmo tempo. Isso me fez parar e pensar em minha pesquisa inicial, e em como eu havia me esquecido completamente dela e desviado totalmente do meu foco.

No mesmo dia, ouvi uma mensagem sobre a oração e em como podemos nos distrair quando oramos e imediatamente me lembrei do computador, no meu foco da pesquisa, e ainda pensei que se essa distração com o momento da oração aconteceu com o pregador e acontece comigo, deve acontecer com outras pessoas e decidi compartilhar com você. Espero de coração que te ajude!

A mensagem dizia que “A oração é a expressão natural de uma vida com Deus”. Uma vez que caminho com Deus, meu meio de comunicação com Ele é a oração. Ela é também uma “oferta fervorosa da minha fé” e é ainda “o principal meio de graça”! Sendo assim, não posso deixar que outros assuntos interfiram nesse momento tão precioso que escolhi para falar com meu Deus.

Quantas vezes você foi orar e deixou que seu pensamento fosse invadido, por 9 ou talvez muitos outros problemas ou situações e acabou se desviando de seu foco?

Quantas vezes você, sem perceber, começou a orar e em um determinado momento seus pensamentos estavam viajando por outros lugares e você voltou para a oração sem saber do que estava falando e teve que começar a orar outra vez pedindo perdão ao Senhor?

Comecei a refletir na frase: “Deus deve ser o mestre do seu pensamento” e em como eu poderia dominar esse momento. Não desejava fazer da oração um momento racional, mas no meu caso teria que ser um momento espiritualmente consciente, no qual, Deus, como mestre do meu pensamento, fosse o único objetivo naquele momento...
Então passei a orar com um objetivo, que é o de passar um momento espiritualmente consciente falando com o Senhor.

Gostaria de deixar essas “dicas” com você:

-Escolha um local silencioso para orar (longe da TV, rádio, internet ou daquilo que possa te atrapalhar);

-Avise seus parentes ou amigos que você vai orar. Isso ajudará para que você não seja interrompido e despertará em outras pessoas o desejo de passarem momentos com Deus também;

-Seja constante: “Não deixe morrer a chama da oração”!

-Fale com Deus sobre tudo, mas, seja sempre objetivo na oração para que você não seja levado por seus pensamentos.

Espero que essa reflexão te ajude a não desviar o foco de sua oração que é Deus, através do seu filho o Nosso Senhor Jesus Cristo, dizendo só a Ele nesse momento: “A Ti Senhor, elevo a minha alma”. Salmos 25:1

Que Deus nos ajude!